7

CARF. Onde toda a concorrencia das pecas se encontra

Numa altura em que caminha a passos largos para os 10 anos de existência, fomos passar um dia na CARF com Paulo Carvalho e perceber o que esta empresa tem de invulgar.

Aextraordinária evolução do processo logístico permitiu que as empresas do aftermarket, nomeadamente os grossistas e retalhistas de peças e de pneus, tenham hoje uma forma de trabalhar bem diferente daquela a que estavam habituados até há uma década atrás.

Leer más

n130

CARF. Agora também no Algarve

Desde o passado dia 21 de abril que a CARF passou a operar na região do Algarve. Mas esta não é a única novidade deste especializado operador logístico de peças.

Acaminho dos 11 anos de atividade, a CARF tem tido um crescimento notável tendo despertado no mercado das peças, mas também da logística, um enorme interesse, sobretudo pela especializaçâo do seu negócio na distribuiçâo de peças.
Assim, desde finais de 2013 que a estrutura acionista da empresa se alterou. A CARF deixou de ser uma estrutura familiar, passando a pertencer ao Grupo Totalmedia (Grupo que tem como clientes o Continente, Auchan, El Corte Inglés, Worten, entre outros), mas a empresa continua a ter como responsaçável máximo Paulo Carvalho.

Leer más

128

CARF. 10 anos de vida e novos servicos

Num momento em que faz 10 anos, Paulo Carvalho, gerente da CARF, fala em “dedicação de corpo e alma”. Só assim se explica que a CARF seja um caso de sucesso na distribuição de peças.

Foi a 23 de Agosto de 2003 que Paulo Carvalho deu início à CARF. Só poderia mesmo ter sido desenvolvido por alguém que conhece bem o negócio das peças de automóveis. Ainda nem era maior de idade e já Paulo Carvalho trabalhava com peças de automóveis, pelo que o conhecimento deste negócio foi uma imensa mais-valia para pensar no que poderia ser a CARF.

Leer más

n129

Encontros do Aftermarket. O percurso da peca

Há quem fabrique, quem represente, quem compre por atacado, quem distribua e quem entregue, já montado, ao cliente final. Longo é o percurso da peça e daí o nosso interesse em saber de que forma cada agente justifica o seu contributo em cada etapa do caminho, até porque quantos mais intervenientes, maior é o preço final ou menores são as margens. Em mais um encontro temático da TURBO OFICINA, convidámos seis empresas para um pequeno-almoço com o único objetivo de conversar sobre o setor, analisar o presente e traçar o futuro. O resultado dessa conversa está nas páginas que se seguem.

Leer más